Nossos visitantes

16 de dez de 2013

Natal, 13 de Dezembro de 2013

Nota de Solidariedade do Centro Acadêmico de Letras Jorge Fernandes (UFRN). 

Diante do preconceito e da hostilização direcionados contra a livre manifestação artística e cultural no interior da Universidade Federal Rural do Semiárido, o Centro Acadêmico de Letras Jorge Fernandes (UFRN), através desta, expressa solidariedade e apoio ao DCE da UFERSA e ao discente Jackson Angel. Tendo o discente criado um espaço para livre manifestação artística e cultural nas dependências da UFERSA, a manifestação do discente supracitado foi criminalizada e hostilizada, tanto através das redes sociais como presencialmente.
Nós, do CALET, deixamos nítido nosso repúdio a todo tipo de opressão e preconceito. Pois a nosso ver, ações como a de Jackson Angel não são nem de longe depredação de patrimônio público (haja vista que havia autorização para a livre expressão artística e cultural no espaço em questão) ou desrespeito. Num país que se diz democrático, laico, defensor dos direitos das minorias e da livre expressão artística e cultural, não é a liberdade de expressão que deve ser criminalizada, mas sim a homofobia e a opressão. Esperamos que a direção da UFERSA e órgãos responsáveis apurem o caso e aplique as penalidades cabíveis para garantir que a UFERSA seja cada vez mais uma instituição democrática e construtora de trajetórias de emancipação.

Saudações Estudantis,

CA de Letras Gestão de Pé no Chão.